peepson's avatar
90 Watchers27.4K Page Views103 Deviations
0
6
Another Cube
0
2
Desktop 22-08-2012
0
0
png97
png97
0
2
png120
0
0
png122
0
0
Job0001
2
2
d
deus
Deus misericordioso, salva-me Do castigo que tu mesmo criaste Deus justo que és, ajuda-me Desfaz a desigualdade que tu deixaste Deus todo poderoso, alimenta-me Dá também àqueles que sentem fome Deus onisciente, dá-me o saber Daí curarei o doente que à tu ore Deus bondoso, imploro, protege-me Daqueles que seguem tuas ordens Porque vivemos em desordem Deus, onde de teu plano colocaste-me? Ao lado dos condenados? Por que nasci no país errado? Ao lado dos não tolerados? Por que acreditei nos fatos? Deus misericordioso, salva-me Do castigo que tu mesmo criaste Porque criaram a ti, e fa
0
2
A
Agentes da gente
Perco-me um pouco Em meio a tanta gente Pessoas sem zen E indivíduos tementes Pessoas doentes Indivíduos dementes Que perdem a mente Para poucos inteligentes Essa gente tão crente Intolerante, inconsequente Que diz fervorosamente Palavras tolas e poluentes Para gente sem dente Sem conta corrente Sem tratamento urgente Sem algo decente E que são gente da gente Do povo dito contente Enganados fluentemente Por toda essa gente Quero gente que sente Indivíduos que fiquem Que lutem com a gente Busco agentes da gente
15
4
A
Algo idiota
O amor é... Algo que tentei definir, Me enrolei e não consegui O que tentei descrever e citar, Revirei palavras e não sei pronunciar É alguma coisa... Alguma reação banal Ligação sem sentido Ganância pertencente ao mal Ou algo do tipo... Independente do que for Durmo pensando nisto Independente do que sinto Os outros estão se divertindo Todos buscando algo perdido Algo estúpido, idiota, indefinido... Mas ainda assim penso nisto Ainda assim quero só isto Sozinho cá estou, perdido Independente do que for Durmo e acordo sem isto Independente do que sinto Os outros estão
20
5
See all
0
6
Another Cube
0
2
Job0001
2
2
Brain
17
9
Aos cubos
8
6
Ao cubo
6
1
'My logo' - Wallpaper
0
2
my portfolio v11-5
10
8
Make Different - wallpaper
15
10
d
deus
Deus misericordioso, salva-me Do castigo que tu mesmo criaste Deus justo que és, ajuda-me Desfaz a desigualdade que tu deixaste Deus todo poderoso, alimenta-me Dá também àqueles que sentem fome Deus onisciente, dá-me o saber Daí curarei o doente que à tu ore Deus bondoso, imploro, protege-me Daqueles que seguem tuas ordens Porque vivemos em desordem Deus, onde de teu plano colocaste-me? Ao lado dos condenados? Por que nasci no país errado? Ao lado dos não tolerados? Por que acreditei nos fatos? Deus misericordioso, salva-me Do castigo que tu mesmo criaste Porque criaram a ti, e fa
0
2
A
Agentes da gente
Perco-me um pouco Em meio a tanta gente Pessoas sem zen E indivíduos tementes Pessoas doentes Indivíduos dementes Que perdem a mente Para poucos inteligentes Essa gente tão crente Intolerante, inconsequente Que diz fervorosamente Palavras tolas e poluentes Para gente sem dente Sem conta corrente Sem tratamento urgente Sem algo decente E que são gente da gente Do povo dito contente Enganados fluentemente Por toda essa gente Quero gente que sente Indivíduos que fiquem Que lutem com a gente Busco agentes da gente
15
4
A
Algo idiota
O amor é... Algo que tentei definir, Me enrolei e não consegui O que tentei descrever e citar, Revirei palavras e não sei pronunciar É alguma coisa... Alguma reação banal Ligação sem sentido Ganância pertencente ao mal Ou algo do tipo... Independente do que for Durmo pensando nisto Independente do que sinto Os outros estão se divertindo Todos buscando algo perdido Algo estúpido, idiota, indefinido... Mas ainda assim penso nisto Ainda assim quero só isto Sozinho cá estou, perdido Independente do que for Durmo e acordo sem isto Independente do que sinto Os outros estão
20
5
F
Fuhrer
Invadam e ateiem fogo... Irão enfurecer Daí ergam os canhões e se defendam Imponham... Heil mein Führer! Se, para uns, estas palavras mudam tudo Cadê então o verdadeiro discurso? Aquele para salvar o mundo...
6
1
S
Sem nado
Busco pela minha razão Mas pela paixão beiro loucura Equilibrando-me na beirada Correndo o risco de desabar Num calmo mar amargurado Que carrega o monte de corpos De quem um dia quis ser amado Quem aos poucos desmoronava Ficando sem nada, sem nado
6
3
M
Murmurar
Jogue tudo para o alto Deite-se no asfalto Espere ser atropelado E livre-se deste fardo Pegue uma arma e atire Deite-se no sangue Espere pelo passaporte E desfrute da morte Ou arranje uma faca Deite-se e apenas faça Espere tudo acabar E simplesmente se vá Pois se assim fizer Seu final chegará E não poderá gritar
15
5
E
Exaust'estar
Cansei de andar De correr e tentar voar Cansei de jogar De fingir e blefar Cansei de olhar De notar e depois julgar Cansei de falar De repetir e gritar Cansei de errar De cair e me levantar Cansei de perdoar De escutar e desculpar Cansei de pensar De criticar ou concordar Cansei de todos olás De sempre bem parecer estar Finalmente cansei da vida Por um momento perdi o ar E não consigo mais descansar
11
3
P
Perdido na literatura.
Nas ondas do seu cabelo Deixo-me velejar. Perdido fora de meu continente. Perdido, sem rumo para navegar. Por seus olhos Levo-me a me encantar. Perdido fora de minha mente. Perdido, sem ponto para focar. A delicadeza da sua pele Dá-me algo para admirar. Perdido fora do meu corpo. Perdido, sem pulmão para respirar. Sua beleza incontestável Torna-me um anônimo a te esperar. Perdido na literatura. Perdido, num lugar para me expressar.
8
5
A
Amigos para sempre.
Amigos, sim ela os possui e sempre possuiria. E se apenas mais um amigo for, provavelmente, mais do que isso jamais seria. Enquanto na realidade dela, ela vivia; de outro lado ele estaria, em seu próprio pensamento enquanto a escrevia. E se ela fosse ler um dia, ele certamente não sabia. Rimava dizendo o quanto era linda e ainda sim nunca a diria. Era este seu enigma, tanto medo e apenas medo da alegria. Indiretamente deixava que se afastasse e ainda sim, tudo o que sentia, para ela omitiria.
11
1
T
Ter-te.
Você é única, a única que me faz questionar quem eu sou. Me faz ter esperanças, as quais não acredito; ter bondade, mesmo quando não enxergo justiça; ter medo, por algo que nunca me senti oprimido; ter sonhos, ilusões que descartei sempre quando possível; ter interesse, em algo que não encontrava motivos; ter admiração, pelos detalhes menos percebidos; ter imaginação, quando me sinto tão destruído; ter ciúmes, sem a conpanhia de alguém insubstituível.
2
2
GI Wallpaper
1
2
ragnaSERVER v2.0
1
4
Marsh Predator
19
592
Space Girl
31
1.2K
Lean
147
8.9K
Angel
668
24.6K
Sky Lanterns
524
22.5K
Those Who Play for Ghosts
1.3K
30.6K
Playground Punk
8.4K
62.4K
Farewell Sir Terry Pratchett
82
1.1K

Spotlight

February 14, 1996
Brazil
Deviant for 9 years
Badges
I Heart DeviantArt Gear: Proud supporter of deviantGEAR
Ninja Llama: Llamas are awesome! (772)
Ausente....
Enfim, não sei se perceberam, mas estou um pouco ausente. Faz algum tempo que não escrevo um poema ou qualquer outra poesia — e a frequência com que escrevo a próxima está sempre diminuindo —, ou então algum trabalho, modificações em meu portfolio ou em outro. De qualquer forma, o motivo é que estou escrevendo uma espécie de livro, ou algo parecido, e estou privando boa parte de minhas escritas ao desenvolvimento do mesmo. E, definitivamente, não significa que parei (ou que, depois de pronto o livro, eu irei voltar ao ritmo de antes). Vamos ao feature (que não consegui
3
0
11/09 - 12, 13, 14/09.
Nada como usar o '11 de Setembro' no título né? Enfim, apenas um feature — meu maior, sem dúvidas —  porque estou lotado de favs e o jornal ficaria enorme com mais algo... :thumb245978326: :thumb245740890: :thumb216442362: :thumb197314090: :thumb210757531: :thumb216038440: :thumb251200080: :thumb251130171: :thumb187230588: :thumb252178602: :thumb251704983: :thumb252223093: :thumb252180191: :thumb176500944: :thumb244897491: :thumb245798139: :thumb213375300: :thumb215453773: :thumb252666461: :thumb251170336: :thumb252760003: :thumb252622932: :thumb252487738: :thumb252892417: :thumb52862077: :thumb85429936: :thumb8339
0
0
Edge and dA!
Adobe Edge Então a Adobe apresentou o 'Adobe Edge', um programa bem intrigante porque possibilita a produção de animações com uso do HTML5, CSS3 e JavaScript. Então, será mesmo o fim do Flash? Se dependesse de mim ou do Adobe Edge, definitivamente, o flash penduraria suas luvas. A página do programa apresenta todas suas características e além disso, deixa o programa disponível para uso com direito a 152 dias gratuitamente. Ainda não há uma versão final, até porque esta versão é uma de apresentação (preview), nem chega a ser uma de experimentaç
5
0

Comments375

anonymous's avatar
Join the community to add your comment. Already a deviant? Sign In
qbabu's avatar
qbabuHobbyist Writer
Oi Renan! Vim lhe desejar feliz aniversário =3
Anda sumido hein? Espero que estejas bem, bjuu
belcpo's avatar
belcpoProfessional General Artist
Ooobrigada pelo favorito! ♥
limnides's avatar
limnides Artist
Many thanks for your support. (:
Boschman's avatar
BoschmanStudent General Artist
wow thank you for so many faves :):D
LuizBlack5's avatar
Obrigado pelo :+fav: do poema "Início de Madrugada".
qbabu's avatar
qbabuHobbyist Writer
Oi ^^
obrigada por favoritar o sumário de "O Segredo da Chuva"!
PlaubelPecoProfia's avatar
Thank you so much for collecting "..."! :)