Deviation Actions

maniraptora's avatar

Photoshoped Guaibasaurus

Published:
By
2K Views
This is new! Guaibasaurus candelariensis (or candelariai... i dunno... I´ve seen both names)
Brazilian Triassic Theropod of uncertain affinities... postulated as a "missing link" between Theropods and Prosauropods
Image details
Image size
800x547px 75.55 KB
© 2006 - 2022 maniraptora
Comments16
Join the community to add your comment. Already a deviant? Log In
Paleontologia's avatar
É sempre um grande desafio trabalhar com formas das quais há tão pouco material. Pior ainda quando o único exemplar é um provável juvenil. Os problemas aumentam ainda mais quando tratamos de dinossauros basais. À medida que retrocedemos na árvore filogenética dos dinossauros, as diferenças entre os grupos diluem-se, tornando-os mais parecidos uns com os outros, o que complica até mesmo uma melhor posição sistemática.
O Guaibasaurus é um exemplo bem típico disso... Inicialmente foi considerado um Ornithischia... posteriormente foi alocado aos Theropoda... Atualmente alguns autores os têm descrito como Saurischia basais... para o projeto da exposição me pediram também a reconstrução de um Guaibasaurus. Creio er encontrado as mesmas dificuldades que você. A minha versão final acabou um pouco diferente da sua, mais Staurikosaurus-like.
Mas não temos qualquer parâmetro de comparação a partir do holótipo, assim ambas as interpretações acabam tornando-se subjetivas. Não sei se sente o mesmo que eu, mas são em situações como esta que a paleoreconstrução se torna frustrante para mim, pois por mais que tentemos nos aproximar de algo mais coerente, no final das contas acabamos na escuridão da ignorância sobre esses animais.
Ainda sim, cabe a nós paleoartistas (de forma mais ou menos subjetiva) traduzir através da imagem o argumento científico ao público em geral. Somos nós quem diminuimos o abismo entre os dois mundos... é o nosso trabalho que dá aos visitantes dos museus e leitores dos livros uma visão menos abstrata dessas criaturas magníficas! Nós ocupamos uma importante função: somos o elo de ligação entre o mundo acadêmico e o não-acadêmico. Estamos fazendo nossa parte, e não podemos parar nunca!!! Parabéns, Ezequiel, mais uma vez!