literature

ATN Albion

Deviation Actions

BrunoKopte's avatar
By
Published:
0 Comments
366 Views

Literature Text

                     SouthAtlanticISSHDEV by BrunoKopte
    Modelada na espada favorita de Vexille, a leyship (ou nave-de-ley em nortenho) classe Paradigma é a atual nau capitânea da frota orbital do Triunvirato Abalm. Os componentes e tripulantes necessários a tornam um protótipo único por tempo indefinido. Com cento e vinte e oito metros de comprimento, doze metros de largura e dez metros de altura, é a maior leyship já construída, excelente para missões de exploração e combate. Enquanto todas as outras leyships requerem um nexo cooperativo, a Albion viaja por linhas de ley através de um nexo artificial domesticado e integrado à superestrutura.

 

    Já que o seu formato lembra uma espada, as seções foram nomeadas de acordo com a terminologia para as partes de uma espada. A lâmina abriga a tripulação, o punho é o motor primário. As características únicas são as seguintes:

  •  O Sistema Meridiano consiste duas redes de canos: a primeira está conectada a um orgão exótico. O que aparenta ser o coração de um gigante é inscrito com fractoglifos de complexidade indeterminada. O artefato bombeia uma combinação de água benta e sangue de mártir através dos canos. Isto coleta sentimentos como a dedicação e fidelidade da tripulação, acumulando-os na alma gestáltica da nave e providenciando energia para saltos-ley. Na falta de um mago, hão dois pergaminhos com o encantamento para saltos-ley. Encanamentos paralelos feitos de orichalco absorvem o mana residual gerado pelo Sistema Meridiano e o direciona conforme o julgamento do capitão. No modo padrão isto gera um campo mágico local capaz de sustentar a maioria das magias, mas situações de combate podem requerer todo o mana   disponível. Por esta razão, um pequeno contigente de feiticeiros complementa os magos. Armas, defesas, motores e a Mandalanet dependem deste sistema para funcionar.
 800px-WLA hmns Fiery Opal Opalville Mine by BrunoKopte266px-Kirkburn SwordDSCF6583 by BrunoKopte

  • O que parecem ser gemas de opala gigantes em arranjos de três são na verdade casulos ocos capazes de acomodar uma pessoa. Cada um opera uma projeção arcana semelhante a um chicote, capaz de agarrar e cortar, útil para manutenção e enfrentar atacantes. Se o usuário é um conjurador arcano, os casulos podem amplificar as suas magias em uma ordem de magnetude. Isto inclui magias não-ofensivas, para que a tripulação possa lidar com situações extraordinárias. Os casulos do guarda-mão podem ser rearranjados em configurações que aumentam as capacidades do motor ou a arma principal.
  • Após incidentes envolvendo ninhos nefilims e naves de Orlem, o arquiengenheiro Lu-Qan Kerr adicionou uma nova arma, o Canhão de Descarga Mânica. O conceito é simples: ao invés de direcionar mana aos motores, este é concentrado no cano de orichalco espinhal até atingir níveis extraordinários de saturação. A energia acumulada é então disparada por uma portinhola capaz de modelar o raio em um cone ou uma linha. Até agora, foi capaz de obliterar ninhos nefilims com um único tiro.
  • Os motores são tochas mânicas avançadas, em que uma hélice dracônica* interna, em forma de parafuso, reage ao mana direcionado através de um bocal, impulsionando a nave. O pomo contém os escapamentos primários, enquanto o guarda-mão inclui escapamentos secundários para manobras. As câmaras das tochas mânicas são revestidas com orichalco, impedindo vazamentos de magia aleatória.
  • A Mandalanet é um sacrocomputador experimental. A tripulação inteira é o componente principal, unida pelas linhas de ley entre cada membro. Através dos sentidos de toda a tripulação, informações são adquiridas e então analisadas pela alma gestáltica da nave. Isto permite que tanto a nave quanto os seus ocupantes lembrem-se de experiências passadas. Este sistema também opera a arma principal, regula o fluxo de prana e mana, e provém os tripulantes com disciplina acausal e instinto sincronizado. Combinado com um treinamento excelente e relações pessoais intensas, garante-se uma performance ideal sob quaisquer circunstâncias.
  • A blindagem adamantina é complementada pela Bainha, um campo de defesa mágica imune a qualquer magia abaixo do sexto círculo.

 

*Este mecanismo é baseado nas asas de dragões e a forma como elas interagem com o mana ambiente simultaneamente ao ar, produzindo impulso a partir de ambos. Atualmente usando orichalco, as primeiras airships de Abalm usavam hélices feitas com o couro das asas de dragão embalsamado com uma resina alquímica, comprado de Drakazin por valores exorbitantes. Como não há mana no vácuo espacial, o motor reage às emissões de mana produzidas pelo Sistema Meridiano.

Comments0
Join the community to add your comment. Already a deviant? Log In